Animais de estimação e crianças

Veterinário Jardim Três Corações em São Paulo Radical Vet

Animais de estimação e crianças são uma mistura perfeita de diversão, cumplicidade e carinho. A nossa Clínica Veterinária, no Jardim Três Corações na cidade de São Paulo, entende que esse tipo de relação tem diversos benefícios para a saúde e educação infantil. 

Como assim, os animais podem ajudar as crianças?

Confira a seguir alguns benefícios que os animais podem trazer para seus filhos:

Fortalecimento do Sistema Imune

Antigamente, se pensava que cães e gatos poderiam desencadear alergias em crianças. Mas hoje se sabe que a história é outra: o convívio pode proteger as crianças de infecções e até diminuir o risco de asma e dermatite atópica, duas doenças que dão trabalho na infância.

Ainda não se sabe porque o animal estimula o sistema imune, mas se acredita em uma espécie de “treino” para que as defesas aprendam a lidar com agentes externos como poeira, pelos e por aí vai. Algumas pesquisas indicam ainda que pode haver influência na composição da microbiota intestinal, o conjunto de micro-organismos que vive no intestino e que é importante para as defesas.

A influência é tamanha que alguns trabalhos ligam a exposição aos animais ainda na gestação a um menor risco dessas encrencas, que estão relacionadas a um desequilíbrio do sistema imune.

Saiba mais sobre a Melhor Clínica Veterinária de São Paulo no Google.

Estímulos ao cérebro

Os dois primeiros anos de vida são fundamentais para o desenvolvimento cerebral. Quanto mais estímulos, mais conexões se formam entre os neurônios. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, a relação com os animais faz com que as crianças tentem várias vezes a realização da mesma atividade, o que aperfeiçoa habilidades motoras.

Desenvolvimento emocional

Aqui são tantos benefícios estudados que fica até difícil selecionar um só. Habilidades como autocontrole, socialização e capacidade afetiva são alguns dos aspectos positivos mais conhecidos. Ora, ter um companheiro ensina a interpretar os sentimentos e necessidades de outro ser, o que ajuda a trabalhar a empatia, além do estímulo à comunicação não verbal e do carinho com o próximo. 

Na fase infantil, um dos principais benefícios desse vínculo é a confiança gerada e a sensação de pertencimento. Nós da Clínica Veterinária, Jardim Três Corações na cidade de São Paulo, sugerimos deixar a criança fazer parte da escolha do animal, seja gato ou cachorro. Assim, deixá-la escolher o bichinho, o nome, o brinquedo, a cor do prato de ração e da cama, dentre outras coisas.

São terapêuticos

Crianças com transtornos físicos e neurológicos se beneficiam muito do convívio com animais de estimação. Não é à toa que ele é parte do acompanhamento terapêutico de diversas condições, como o autismo, e a terapia assistida por animais (TAA) é uma metodologia específica com esse foco.

Se não atuam diretamente na melhora dos sintomas, podem ser ao menos uma ferramenta para ajudar no tratamento, principalmente das crianças mais velhas. Por exemplo, um estudo de 2016 mostrou que crianças e adolescentes portadores do diabetes tipo 1 controlavam melhor a glicemia se tivessem um pet em casa.

Responsabilidade

Os animais precisam de cuidados como o passeio, a alimentação, a escovação ou a limpeza. E, assim, as crianças percebem a importância de cuidar dos demais e de ter responsabilidade por eles.

Companheiros nas brincadeiras

Um cachorro está quase sempre disposto a brincar.  Isso faz com que as crianças tenham uma oportunidade de interação social e exercício, dois aspectos ausentes em muitas das atividades lúdicas modernas para crianças.

Habilidades sociais

Já foi provado que as crianças que crescem em um lar com animais de estimação demonstram mais aptidões sociais e transformam-se em adultos socialmente mais competentes do que as crianças que não tiveram um pet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *