Tipos de navios de transporte marítimo de carga e suas características

O comércio internacional é, sem dúvida, o motor do desenvolvimento econômico da sociedade. As trocas transacionais de mercadorias entre os países ajudam a reduzir os custos de produção e buscam sinergias entre as indústrias. Para tornar eficaz este tipo de movimentação de mercadorias, o transporte marítimo desempenha um papel fundamental. A carga é distribuída em navios mercantes dependendo de seu conteúdo. Navios de carga geral:

Esses tipos de navios de transporte marítimo são os mais básicos que existem e neles a mercadoria não é transportada   em contêineres, mas possuem guindastes próprios para organizar a mercadoria e realizar as operações com a carga correspondente. Este tipo de embarcação é utilizado para o transporte de mercadorias de diversos tipos.

O que é um porto? Descubra agora mesmo.

Tipos de navios

Navios porta-contêineres

Como o seu nome indica, este tipo de embarcação destina-se ao  transporte de contentores marítimos  e ao transbordo de mercadorias. Esses navios mercantes respondem por grande parte do comércio marítimo atual e possuem equipamentos próprios para organizar, carregar e descarregar os diversos contêineres que transportam.

Buques graneleros

No transporte de mercadorias a granel, como grãos de cereais, madeira, cimento ou minerais, a melhor opção são os graneleiros, que requerem guindastes do tipo caçamba, localizados nos diferentes portos, para realizar as operações mercantes. Nesse tipo de carga, o que é relevante é a quantidade de toneladas que são transportadas, uma vez que o custo do serviço dependerá delas, entre outros aspectos.

Buques Roll On-Roll Off

Esse tipo de navio de carga é projetado para o transporte de mercadorias com rodas, como carros ou caminhões. Este tipo de carga requer a intervenção de veículos rebocadores para a realização da operação e colocação no navio.

Navios refrigerados

Estes navios mercantes destinam-se ao transporte de mercadorias que requerem conservação térmica, visto que na grande maioria dos casos são produtos perecíveis. Dependendo se o produto é fresco, como frutas e vegetais, ou congelado, como peixe, o refrigerador manterá uma temperatura ou outra.

Tanques de óleo

Como o próprio nome indica, esse tipo de navio se dedica ao transporte de óleo de um ponto a outro. Essas embarcações abrigam barris de óleo cru e se destacam pelo grande porte. Além disso, os petroleiros requerem atenção especial dos operadores que realizam as operações de carga e descarga devido à natureza perigosa do produto que transportam.

Buques gaseros

Como os anteriores, este tipo de navios transporta mercadorias muito sensíveis e, por isso, é importante confiar em empresas profissionais. Os navios de gás liquefeito são compostos de tanques esféricos dentro dos quais os gases são armazenados. Da mesma forma, existem dois tipos: GNL, que transporta o gás a uma temperatura de -170 ° C; e LPG em que o gás está a uma temperatura de -50 ° C.

Navios de carga química

Essas embarcações são responsáveis ​​pelas operações de importação e exportação de substâncias químicas de todos os tipos. Possuem diversos tanques para depositar a mercadoria, todos em aço inox e revestidos com resinas especiais para garantir a segurança nessas cargas e descargas.

Embarcações de gado

Os navios de transporte de gado são habilitados para que os animais cheguem em ótimas condições ao seu destino e, portanto, tenham uma área para alimentação. A grande maioria dessas embarcações está fechada para não sujeitar os animais às mudanças atmosféricas que podem ocorrer durante a viagem, mas algumas possuem currais a céu aberto.

Em suma, todos esses tipos de navios desempenham um papel decisivo no transporte marítimo e nas operações de exportação e importação de mercadorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *