Sua empresa pode vender mais depois dessas 7 dicas

Ter um aumento de vendas é um dos principais objetivos de qualquer empresa. Afinal de contas, é com um maior número de vendas que se alcança mais reconhecimento e credibilidade no mercado, e consequentemente, o sucesso.

Porém, vender mais é um processo que demanda a integração de todos os departamentos da empresa. Foi-se o tempo em que somente os vendedores eram os responsáveis por isso.

vender_mais

Hoje em dia, compreende-se que, para um fabrica de sorvete ter sucesso, ela precisa muito mais do que apenas vender, ela também necessita oferecer uma boa experiência aos seus clientes, ser organizada, dinâmica, entre muitos outros fatores.

Então, se você quer saber como vender mais, acompanhe as dicas que trouxemos para você no post de hoje.

1 – Saiba quem são os seus clientes

Imagine que você está vendendo uma recarga de extintor de incêndio. É um produto bem específico, não é mesmo?

Agora, pare e pense quem seriam os clientes interessados no item.

Provavelmente, pessoas com estabelecimentos comerciais, bem como condomínios, escolas, entre outros locais que precisam de instrumentos de combate e prevenção contra incêndios.

Além de um produto específico, você também tem clientes específicos.

Daí a importância de saber quem são os interessados na sua recarga, além de conhecer as características da mercadoria, por exemplo, é um reservatório para extintor CO2 6kg, ou algum outro modelo?

Para responder a essas questões, você pode fazer uma pesquisa de público-alvo. Com ela, e possível colher os seguintes dados a respeito dos clientes:

  • Faixa etária;
  • Nível socioeconômico;
  • Preferências e hobbies;
  • Localidade;
  • Estado civil.

A partir dessas informações, você pode direcionar as suas campanhas de marketing, oferecendo produtos e serviços para um perfil segmentado de pessoas, o que aumenta as chances de venda.

Afinal de contas, não dá mais para sair oferecendo tudo para todo mundo. Desse jeito, a sua empresa só acaba gastando mais com publicidade e nem sempre atingindo os reais interessados no seu negócio.

2 – Tenha um bom relacionamento com os clientes

Atrair e conquistar novos clientes é algo extremamente satisfatório. Mas, o que muitas empresas esquecem, é a manutenção de um bom relacionamento com as pessoas que já são habituais consumidores.

A proximidade é a principal responsável pelo reconhecimento do seu negócio no mercado.

Quando você vende um biquíni de crochê com elástico para uma cliente, que fica muito satisfeita com o produto e com o atendimento, ela pode recomendar a sua loja para outras pessoas, além de voltar a fazer compras na empresa.

Ou seja, um bom relacionamento com os consumidores faz com que eles também sejam promotores da sua marca, o que aumenta consideravelmente as vendas.

Até porque, nada melhor que uma boa indicação, de alguém de confiança.

Para manter esse relacionamento com os clientes, você pode investir em estratégias de e-mail marketing, por exemplo, enviando mensagens via correio eletrônico para que a empresa seja sempre lembrada.

Não se esqueça de personalizar o e-mail, afinal, os clientes se sentem muito mais especiais quando chamados pelos nomes e quando suas necessidades específicas são solucionadas.

3 – Crie uma página na internet (site, blog, e-commerce)

Só o Brasil tem mais de 116 milhões de pessoas conectadas à internet. Isso equivale a 65% da população com mais de 10 anos de idade, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD).

Portanto, se você quer aumentar as vendas da sua empresa, não dá pra fugir mais do mundo virtual.

Hoje em dia, é possível encontrar praticamente tudo na internet, o mesmo vale para as empresas.

A grande vantagem é que as estratégias online podem ser aplicadas em empreendimentos de qualquer tamanho, desde uma grande multinacional, até uma transportadora de pequenas cargas.

Para começar, você precisa criar uma página na internet. Ela pode ser um blog, um e-commerce, um site institucional, ou até uma mescla de tudo isso.

Lembre-se que grande parte dos usuários navegam digitalmente com o auxílio de dispositivos móveis. 

Então, para conquistar novos clientes e aumentar as vendas, você também precisa ter uma boa navegabilidade em celulares, smartphones e tablets.

O crescimento da internet tornou-se tão grande que, atualmente, algumas empresas até abandonaram suas lojas físicas e se dedicam somente à venda online.

Quer dizer que, você pode fechar um negócio para voar de balão sem sair de casa, com pagamento todo pela internet e com um comprovante de venda. 

Devido à essas praticidades, estar no ambiente virtual é a garantia de sucesso das empresas.

4 – Esteja presente nas redes sociais

Já que estamos falando de internet, é preciso lembrar da importância das redes sociais.

Do total de pessoas online no Brasil, mais de 67% possui um perfil ativo nas redes, principalmente o Facebook, Instagram e YouTube.

Por isso, vale a pena criar, pelo menos, uma conta nas principais mídias sociais.

A vantagem é que a maioria desses canais são gratuitos. Sendo assim, um chaveiro 24 horas pode ter uma página no Facebook e anunciar seus serviços, sem ter que pagar nada por isso.

Vale ressaltar, também, que a reputação das empresas nas redes sociais influencia a tomada de decisões dos clientes.

Ou seja, se um negócio é bem avaliado nas mídias, há maiores chances do usuário fazer uma compra, enquanto empresas mal avaliadas, perdem muitas vendas.

5 – Apareça entre os primeiros resultados do Google

Vamos fazer um teste: pare tudo o que está fazendo e digite “exames admissionais” no Google. Você irá se deparar com inúmeros resultados e, é provável que tenha a tendência de clicar entre os primeiros resultados.

Esse pensamento também orienta os demais usuários. Portanto, estar bem colocado no Google pode ser um fator que influencia nas vendas da sua empresa.

Uma maneira eficaz de fazer isso e, de quebra, aumentar o tráfego orgânico da sua página na web e colaborar com as vendas, é por meio do SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca.

De maneira geral, o SEO consiste em um conjunto de técnicas capazes de melhorar o rankeamento do seu site no Google. Dessa forma, a sua empresa pode aparecer entre os primeiros resultados de pesquisa.

Para isso, o SEO considera a aplicação de palavras-chave ao longo de um determinado conteúdo, a relevância do material produzido para os usuários, bem como os aspectos relacionados à navegabilidade e a experiência do internauta dentro do site.

A partir disso, os Googlebots (os robôs do Google) passam a avaliar seu conteúdo com boa classificação e, assim, você aparece entre as primeiras pesquisas.

Mas, vale dizer que o SEO precisa ser aplicado com uma certa frequência. Afinal de contas, o Google trabalha com milhões de buscas por dia e, com isso, o algoritmo acaba mudando.

Sendo assim, é preciso ficar atento e não parar de produzir conteúdo.

6 – Tenha uma boa navegabilidade nos dispositivos móveis

Mais de 71 milhões de brasileiros acessam a internet via dispositivos móveis, isto é, por meio dos celulares, tablets e smartphones.

Portanto, não dá para se fazer presente online, sem considerar o uso digital por essas plataformas.

No caso das empresas, elas devem se adaptar ao design mobile friendly, ou seja, que permite a navegação por meio dos dispositivos móveis, já que muitos leads realizam compras diretamente nos celulares.

Lembre-se de que na internet o que mais conta é a experiência do usuário e o mesmo vale para as questões de carregamento em telas menores.

Sendo assim, opte por tamanhos de imagens não muito grandes (mas, sem perder a qualidade), bem como conteúdos que possam ser lidos pelos celulares.

7 – Produza conteúdos em vídeo

Os conteúdos visuais têm ganhado cada vez mais espaço entre as estratégias de marketing digital para aumentar as vendas.

De acordo com estudos na área, as pessoas tendem a reter mais de 65% das informações exibidas em vídeo, enquanto os materiais textuais ou verbais, a retenção é de apenas 10%.

Um estudo realizado pela Indiana University demonstrou que os usuários que seguem instruções audiovisuais são 323% melhores do que aqueles que apenas leem um texto.

Não é à toa que o YouTube tornou-se uma das redes sociais mais acessadas em todo o mundo.

Além do mais, os recursos em audiovisual tendem a criar uma proximidade maior com os usuários, por conta disso, muitas empresas acabam preferindo a produção desse tipo de conteúdo, mas sem deixar de lado os elementos textuais.

Ou seja, é preciso ter equilíbrio. Principalmente, na internet. Ao mesmo tempo em que se produz um artigo a respeito de um produto ou serviço, veja se é possível também investir em algo imagético, como tutoriais ou vídeos institucionais.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *