Raquetes Wilson: quais escolher?

Entre as marcas melhores e mais utilizadas pelos tenistas de todo o mundo, não podemos deixar de examinar as raquetes Wilson que você pode comprar de forma muito simples, até mesmo no principal portal de e-commerce do mundo, a Amazon.

Assim como a raquete precisa ser de qualidade, a Bola de tênis também precisa, compre apenas em lojas especializadas no ramo.

Falando em Wilson, quase automaticamente, o jogador que joga contra esse fabricante de uma forma quase arrogante acaba sendo o múltiplo vencedor do torneio de Wimbledon, ou Roger Federer.

Justamente esse sentimento que existe entre o jogador considerado o maior de todos os tempos pelos diversos críticos do setor e a fabricante de raquetes americana, com sede em Chicago, proponho iniciar nossa análise técnica justamente a partir do modelo escolhido pelo campeão suíço. : a raquete RF 97 da equipe Wilson Pro.

Raquete Wilson: nova Pro Staff RF 97

O novo autógrafo Pro Staff RF 97 foi projetado em estreita colaboração com Federer, adicionando alguns novos detalhes ao modelo anterior.

A primeira e mais óbvia coisa são os gráficos da raquete. A cor, antes de mais nada, o preto, com detalhes gravados a laser que a embelezam de forma quase maníaca, como na dona.

Passamos agora à parte técnica: a moldura com que foi forjada atende às exigências da maioria dos tenistas competitivos, ou seja, uma grande velocidade de execução, chutes precisos e uma ótima sensação na rede. A maior diferença com o modelo anterior é um tamanho maior do perfil que permite empurrar ainda mais com menos esforço. 

Além disso, para suportar ainda mais esta linha, encontramos um peso de 360g que garante grande estabilidade mesmo nas situações de jogo mais difíceis. Como todas as raquetes “PRO”, esta não é recomendada para toda a gente.

As características acima são conseguidas por ter um jogo, como a palavra diz, como profissional ou em todo o caso como amador muito avançado.

Raquete Wilson: Blade 98 16 × 19.

A diferença substancial em relação ao seu ancestral, é o maior manejo em todas as situações de jogo.

Muito provavelmente tudo isso se deve ao material com o qual o novo Blade foi construído.

Wilson Blade 98 16X19 Rkt 

A escolha recaiu sobre o grafite, capaz de transmitir uma ótima sensação com o golpe. Além disso, as vibrações liberadas são muito contidas, especialmente se cordas misturadas forem usadas na corda.

Este quadro, testado por vários tenistas, deu uma sensação de grande equilíbrio tanto no jogo plano como no top spin mais extremo. Na verdade, a própria forma do estrado permite que você toque de baixo para cima com muita diversão.

Já os tenistas que preferem arremessos voando, farão um pouco mais de esforço, mesmo que ainda seja uma ferramenta voltada para o jogo avançado dos profissionais.

Raquete Wilson: Burn 100 s

Agora vamos falar de uma raquete mais específica para tenistas que gostam de jogar principalmente por baixo e, em particular, aplicando a técnica de spin. Estamos analisando o Wilson Burn 100 s.

Na verdade, esta raquete foi desenhada em todos os seus detalhes para favorecer jogadas com alta rotação da bola. O stringbed tem um tamanho de 18 × 16, portanto uma ferramenta capaz de auxiliar muito no tiro rolado, com uma grande precisão de execução.

Wilson forjou uma moldura bastante rígida que, à primeira vista, pode parecer irritante, mas que quando usada com cordas tendendo a suavizar, permite golpes muito poderosos em todos os golpes enfrentados. Mas, ouvindo as diversas opiniões dos usuários do Burn 100, parece que este dá o seu melhor no serviço. Os chutes são realmente poderosos e a bola “sai” supersônica.

Wilson Burn 100 S Tns 

Essas características significam que mesmo nas condições mais críticas como a defesa, é possível transformar um estado de desvantagem em tiros de ataque que deixam os adversários totalmente deslocados.

O único conselho que gostaria de dar aos futuros proprietários desta armação é usar um fio misto com tripa natural e sintética que atenuará ligeiramente aquela sensação de dureza e restaurará um melhor conforto.

Também esta Burn, como as outras irmãs Wilson, é uma raquete a ser recomendada a jogadores de nível avançado, que poderão potencializar todas as suas qualidades de força, sem perder o controle.

Terminamos nossa análise dos produtos de Wilson com uma raquete que se aproxima de um grupo muito grande de usuários, incluindo jogadores que não têm uma experiência muito avançada, mas que não desprezam os tiros decisivos e incisivos.

Raquete Wilson:  Envy 100L.

Estamos a falar do Wilson Envy 100L, esta moldura que deriva da versão Pro Open, mas muito mais leve e, portanto, gerenciável.

O peso total não chega a 270g e chega ao seu equilíbrio em cerca de 33cm. A potência resultante é de nível médio e que consegue atingir picos decididos, com base nas cordas que você decidir adotar.

Wilson Envy 100L 

O tamanho da cabeça é de 100 polegadas, dimensão que garante certa segurança de acerto em várias fases do jogo. O melhor que ele dá no saque, muito potente e preciso com qualquer fio que você queira aplicar. 

Wilson, em seu parque de raquetes, permite que você se dê ao luxo de escolher sua própria “arma” com a qual desafiar seus oponentes e ter a certeza, após uma cuidadosa fase de testes, de encontrar a certa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *