Para que serve o cabeamento estruturado?

Para que serve o cabeamento estruturado?

Para que serve o cabeamento estruturado?

O conceito de um sistema de cabeamento estruturado é oferecer versatilidade através de uma infraestrutura que permite a utilização de todos os tipos de equipamentos de comunicação IP (Internet Protocol) como dados, voz, imagem e controle predial.

É um sistema constituído por cabos, conectores, condutas de ar e dispositivos que permitem a ligação à rede de telecomunicações do edifício.

Essa estrutura é necessária para que você possa estabelecer facilmente uma conexão para usar o telefone e a Internet em seu prédio.

Atualmente, devido à crescente demanda por sistemas de comunicação e à necessidade de escalabilidade dos sistemas de rede, é importante que as empresas considerem uma infraestrutura que permita esse crescimento em tempo real, proporcionando flexibilidade e desempenho para coleta e transmissão de dados.

Para que serve o cabeamento estruturado?

Devido a esse crescimento, a demanda por largura de banda para tráfego de informações aumenta na mesma proporção que a necessidade do restante da infraestrutura, portanto, na maioria dos casos, é necessário um projeto de adaptação.

POR QUE ESCOLHER O CABO ESTRUTURADO?

Além de padronizar a fiação para atender a diferentes padrões de LANs, telefonia e outras aplicações, o conceito de cabeamento estruturado agrega importantes benefícios que tratam de questões como crescimento da área ocupada, mudanças no design do usuário, evolução tecnológica para aplicações de maior velocidade e até falhas de conexão.

A redução de custos é o principal motivo para a escolha de um sistema de cabeamento estruturado, pois uma solução premium pode custar um pouco mais inicialmente, mas nunca terá tantos problemas quanto uma solução convencional, portanto, há redução de custos uma vez instalado, sempre repetido em sistemas mais antigos.

A facilidade de alterar extensões permite alterar as funções dos usuários na empresa, simplificando todo o processo. Cabe ressaltar que a manutenção de sistemas estruturados pode ser realizada de forma mais rápida e segura, pois no caso de racks de parede, todos os cabos estarão claramente marcados e separados.

Um sistema de cabeamento estruturado pode suportar a troca prática de uma variedade de hardware e software que normalmente é substituído devido a fadiga, defeitos ou até mesmo avanço tecnológico contínuo.

Padrões

O cabeamento estruturado está em conformidade com alguns padrões projetados para entender melhor o conceito. A norma ANSI/TIA/EIA-568-A dividiu a estrutura do sistema de cabeamento estruturado em seis elementos principais, que, juntamente com a administração, são considerados no ANSI/TIA. /EIA-606 formam os sete elementos descritos abaixo:

  • 1 – Fiação horizontal (fiação horizontal)
  • 2 – Principal (fiação principal)
  • 3 – Área de trabalho
  • 4 – Armários de telecomunicações (armário de telecomunicações)
  • 5 – Salas de comando (Sala de comando)
  • 6 – instalações de entrada
  • 7 – Administração (Administração)

Reconhecendo a necessidade de padronizar o cabeamento estruturado, vários profissionais, fabricantes, consultores e usuários se uniram sob a liderança de organizações (como ISO/IEC, TIA/EIA, CSA, ANSI, BICSI, etc.) o mesmo conceito.

Os principais pontos que devem ser observados ao proceder à instalação de um sistema de cabeamento estruturado são os seguintes:

  • Arquitetura aberta;
  • Padronização do projeto físico e meio de transmissão;
  • Enquadramento em normas internacionais;
  • Projetos e instalações sistematizadas;
  • Fácil acesso para controlar o sistema de fiação.

Documentação

A certificação de rede é a garantia de que um sistema de cabeamento estruturado atende às normas técnicas e está em perfeito funcionamento.

Essa certificação permite que o departamento de TI responsável pela administração da rede economize muito tempo no diagnóstico de possíveis anomalias na rede e na empresa como um todo, aumente a eficiência e a estabilidade mantendo-a conectada.

Antes de ativar a rede, é necessário realizar testes de fiação, pois após a ativação torna-se muito difícil localizar a causa de um possível defeito que possa ocorrer.

Além disso, há a desvantagem de desligar toda ou parte da rede.

A certificação de redes envolve uma série de testes que avaliam os parâmetros dos cabos.

Na prática, esses parâmetros demonstram a qualidade geral do cabeamento da LAN e podem garantir o desempenho ideal para o que foi projetado.

A certificação utiliza equipamentos devidamente calibrados, capazes de detectar possíveis falhas de acordo com as normas TIA/EIA. Após todas as análises, é emitido um relatório com os resultados dos testes e os parâmetros estimados.

Esses relatórios devem ser anexados à Ata de Trabalho juntamente com os projetos, plantas do canteiro e uma nota de responsabilidade técnica lavrada pelo departamento de engenharia da empresa contratante, devidamente registrada no CREA.

RETORNO DE INVESTIMENTO

A escolha do cabeamento estruturado é uma decisão muito importante, pois afetará o desempenho de toda a rede, bem como sua confiabilidade.

Estudos mostram que os problemas de gerenciamento da camada física são responsáveis ​​por 50% dos problemas de rede, e isso se deve a problemas com cabos de má qualidade ou instalação inadequada.

Para a equipe de gerenciamento de TI, ter uma rede confiável é extremamente importante, pois na maioria das interrupções verificou-se que 85% do tempo é desperdiçado no diagnóstico de problemas e apenas 15% é desperdiçado em resolvê-los.

Por esse e muitos outros motivos, investir em um projeto de acordo com as normas e realizar uma instalação de acordo com as melhores práticas é essencial para uma implementação bem-sucedida.

O investimento em um sistema de cabeamento estruturado é normalmente de 2 a 5% do investimento total em uma rede.

Levando em conta esse investimento, e percebendo que essa mesma infraestrutura viverá cerca de 3 vezes mais do que outros componentes de rede, além de exigir pouquíssimas atualizações ao longo do tempo, podemos ver que ela proporciona um retorno de investimento (ROI) excepcional. .

O custo incorrido na instalação inicial do sistema e sua estabilidade garantem uma longa instalação sem os problemas que ocorrem durante o período de garantia.

Interessado na área? Confira o Curso de Cabeamento Estruturado!

Continue lendo nosso site!